Comprar iphone nos Estados Unidos será que vale a pena?

Muita gente se pergunta (e me pergunta) se vale a pena comprar iPhone nos Estados Unidos. Bom, se você pensar no preço do mercado brasileiro a resposta é: sim! Vale muito a pena. Mas devo ir aos Estados Unidos para valer a pena ou posso ir encomendar um iPhone diretamente de lá? Isso é o que descobriremos nesse post. Confira!

Os gadgets da maçã são de longe os mais desejados por grande parte dos brasileiros. Entretanto, sempre tem-se muitas dúvidas em relação aos aparelhos que são comprados fora do Brasil.

Entre as muitas dúvidas, as mais frequentes são:

Tem garantia e assistência técnica no Brasil?

Precisa ter o selo homologado da Anatel?

Funciona o 4G no Brasil?

É possível comprar iPhone sem precisar pagar imposto?

As lojas vendem iPhone falsificado ou com defeito?

iPhone recondicionado ou refurbished tem garantia?

Sendo assim, o Importar Tudo preparou este post para esclarecer todas elas.

O guia definitivo de como comprar iPhone nos Estados Unidos

Quando se trata de comprar iPhone, você poderia simplesmente ir até o site da Apple Store brasileira. Todavia, fazer isso poderia custar cerca de três mil e quinhentos reais (iPhone 7) ou quatro mil e cem reais (iPhone 7 plus). Sendo assim, o melhor a fazer é importar o aparelho.

Para fazer isso você precisará de algumas coisas. Primeiro é necessário saber que importações acima de cem dólares são tributáveis, portanto esteja preparado para pagar o eventual imposto de importação.

Segundo, é preciso ter um cartão internacional ou algo que faça esse papel, saiba como ter um cartão de crédito internacional.

Terceiro, a melhor forma de comprar iPhone nos Estados Unidos é indo até o próprio Estados Unidos. Entretanto, se você não pretende ir até lá, é só importar redirecionando o produto para um endereço no exterior e depois mandar entregá-lo aqui no Brasil, saiba como aqui.

Pronto! Sabendo de tudo isso, vamos aos pormenores.

Passo a passo para comprar iPhone nos Estados Unidos

O iPhone comprado nos Estados Unidos terá assistência e garantia aqui no Brasil normalmente, sem que você precise fazer mais nada a respeito para validá-la, contanto que seja dos modelos mais novos (do iPhone 6 para frente).

Quanto ao 4G, saiba que ele irá funcionar perfeitamente aqui no Brasil, desde que seja um aparelho compatível com as redes daqui. Todos os modelos do iPhone 6 em diante são compatíveis com as redes brasileiras. Portanto, irá funcionar perfeitamente.

Outra coisa importante é: Não compre iPhone usado, nos Estados Unidos ou aqui no Brasil. Não vale a pena! Normalmente eles não terão garantia e podem apresentar algum problema e este irá te causar muita dor de cabeça.  Falo isso com propriedade, pois comprei um iPhone usado aqui no Brasil e ele veio com um defeito de touch screen errático que me deixou (e tem deixado) louco. Não é nada que impeça o uso do aparelho, mas não é como se normal estivesse. Compre um aparelho novo e garanta toda a satisfação e paz que a garantia da Apple pode te dar.

Resolveu comprar pelo site? Ótimo. Entre no site da Apple Store dos Estados Unidos e escolha entre os modelos disponíveis (iPhone 7, 6s ou SE). Para o iPhone 7 é só clicar em Buy e depois escolher se você quer o iPhone 7 ou o 7 plus.

Após isso é possível escolher a operadora. Nós aqui do Brasil temos de comprar ele sem nenhuma operadora (Buy  without a carrier). Assim seu aparelho virá desbloqueado para usar aqui no Brasil. Escolha a cor do iPhone e depois a capacidade deste. Tudo muito simples e fácil de se completar a compra.

Preenchendo a ordem para comprar iPhone nos Estados Unidos

Após esses passos de customizar seu aparelho, você chegará a página de check out. Nessa página você terá de preencher algumas coisas, como por exemplo:

First Name – Esse é simples: seu primeiro nome.

Last Name –  Seu último nome.

Area Code – Aqui passa a ser informação de m telefone fixo. Se você não tem um parente ou algo assim nos Estados Unidos não tem problema. Basta usar o Talkatone para ter um de graça.

Primary Phone – Seu telefone, aquele que foi gerado pelo Talkatone.

Street Address – Agora as informações do endereço. Atenção! Não preencha com as suas informações aqui do Brasil. Preencha com as informações do seu redirecionador dos Estados Unidos.

Apt, suite… – Aqui trata-se do número da sua suíte. O redirecionador deve fornecer este dado para você colocar aqui. Geralmente fica com um “#” na frente e um número de 3 a 4 dígitos.

Zip code –  Esse aqui é o CEP. É um número mais ou menos assim: 32824-8510. Esse aí é o do meu redirecionador de Orlando, na Flórida.

Inserindo os dados bancários para comprar Iphone nos Estados Unidos

Depois de tudo isso, é hora de colocar os dados bancários. Escolha pagar com cartão de crédito e torça para que as informações não sejam checadas. Pois nessa fase você irá colocar o Billing Address como exatamente o mesmo do Shipping Address. Isto é, o mesmo endereço de cobrança como o mesmo endereço de entrega. O problema disso é que eles realmente não são. Você irá entregar nos Estados Unidos e pagar com um cartão de crédito brasileiro.

Ai você me pergunta:

Se os endereços são diferentes, não vai dar problema nessa compra?

A resposta para essa pergunta é: o único problema que pode dar é eles cancelarem a compra. Isso ocorre com pouca frequência, a maioria das compras são aprovadas sem que essas informações sejam checadas. Além disso, caso sua compra seja cancelada, um e-mail ao suporte pode resolver o problema e a sua ordem seja aprovada. É só falar que está nos Estados Unidos e que está comprando lá e etc. Confirme alguns dados e se proponha a dirimir qualquer suspeita de fraude e pronto!

Caso sua compra seja cancelada, é só tentar de novo com um cartão diferente. Se a sua compra foi cancelada e você não quer mais tentar e se a operadora de cartão está te cobrando o IOF da compra, é só ligar na operadora do cartão e pedir o reembolso do imposto, pois a compra não fora concluída.

Comprar iPhone nos Estados Unidos foi fácil, e para entregar no Brasil?

Depois de comprar o produto, agora é só esperar chegar no redirecionador. Caso ainda não saiba o que é isso, dá uma olhada nesse link  ou no que a gente colocou lá em cima para aprender sobre os redirecionadores.

O produto chegou no redirecionador? Nice! Vamos a parte boa: enviar para o Brasil. Ao preencher sua declaração aduaneira coloque um nome qualquer na descrição e NUNCA, NUNCA coloque algo como “iPhone 7 plus” em alusão à descrição do aparelho. Vocês que acompanham no Importar Tudo a um pouco de tempo já sabem que a declaração aduaneira deve ser a mais genérica possível. Por exemplo, nesse caso do iPhone 7 plus, eu colocaria algo como smartphone. Desta maneira eu diria ao fiscal que é um telefone qualquer para tentar baixar o valor do imposto.

Outra dica importante é despachar a mercadoria sem a caixa original e com outros itens no mesmo pacote. Tudo isso para tentar disfarçar que o foco é o aparelho.

E se eu for tributado por comprar iPhone nos Estados Unidos?

Essa é parte ruim de comprar no exterior. Ninguém gosta de pagar imposto de importação (pelo menos nunca conheci alguém que gostasse). Isso é algo que pode acontecer sempre que você comprar no exterior, é inevitável às vezes.

Mas existem coisas que podem ser feitas para minimizar os estragos. Como vocês sabem, tenho falado que as compras abaixo de 100 dólares não podem ser tributadas. Acontece que qualquer modelo de Iphone ultrapassa essa cota, então ele pode ser tributado. Desta forma, é melhor calcular o imposto antes de comprar.

Como eu faço isso?

Isso é simples, basta acessar o site tributado.net e preencher os dados para que você já saia sabendo do peso da caneta do fiscal da Receita Federal. =(

Calculado o imposto e só esperar o aparelho chegar e ver se você foi tributado ou não e então preparar-se para curtir seu novo celular.

Foi tributado e o valor está injusto? Peça revisão, lute pelos seus direitos. Não engula abusos!

Comprei Iphone nos Estados e fui tributado. Ainda vale a pena comprar Iphone nos Estados Unidos?

Para aquelas pessoas sem nenhum pingo de sorte, que compraram um iPhone nos Estados Unidos e foram tributadas e estão se perguntando se valeu a pena (ou se valerá, ainda que tributados), vamos esclarecer algumas coisas.

Primeiro, o imposto de importação é algo que você deve cogitar ao se dispor em comprar um iPhone nos Estados Unidos. Para cálculos de que se vale ou não a pena comprar no exterior o iPhone, usaremos a cotação do Dólar em R$ 3,12, certo?

Vamos lá! Vamos pegar como exemplo o iPhone 7, na cor Jet Black, com 128 Gb.

Na Apple store americana este aparelho custa 749 dólares. Ajustando o valor de acordo com nosso câmbio de hoje (20/07/2017) o custo total será de mais ou menos 2336 reais, mas aí terá duas situações.

A primeira seria a de importar a mercadoria e ver se terá de pagar o imposto ou não. Em caso positivo, será 60% do valor pago + frete + ICMS do estado, se houver + a taxa de 12 reais dos Correios. Isso totaliza o custo do aparelho em mais ou menos 3763 reais.

Já a segunda é a de viajar e incluir o aparelho como de uso pessoal seu e não pagar o imposto de importação. Sendo assim, se você for viajar e pretender comprar um iPhone nos Estados Unidos, não leve o seu celular pessoal.

Diferença entre comprar iPhone nos Estados Unidos e no Brasil

Agora vamos ver a diferença de preço existente na Apple Store brasileira. Um iPhone nessas mesmas configurações no Brasil custará 3899 reais. Isso mesmo! Você comprando nos Estados Unidos, pagando todos os impostos devidos e o frete, ainda sairia mais barato que se comprasse o mesmo celular aqui no Brasil. Uma economia de 136 reais! E ainda mais se for buscá-lo lá nos Estados Unidos: uma economia de 1427 reais! o.O

E aí? Partiu Estados Unidos? Se você tem milhas ou um dinheiro sobrando, saiba que vale muito a pena!

Bom, caso deseje ir até lá nos Estados Unidos buscar seu Iphone novo, saiba que, como vimos, esta é a melhor opção para quem quer comprar um Iphone.

Embarcando para os Estados Unidos para comprar iPhone

Mas antes de embarcar, tem algumas coisas que você deve saber. Por exemplo, você sabia que existe uma cota de dólares para gastar no exterior sem que seja necessário pagar imposto de importação ao passar pela alfândega no desembarque aqui no Brasil?

Pois é, ela existe e atualmente é quinhentos dólares. E essa não é a boa notícia. A boa notícia é que você pode comprar um (somente um) celular e usar (lembre-se de usar) e ele não entrará nessa cota de 500 dólares.

Isso acontece porque ele entrará como item de uso pessoal. Legal, né? Isso responde aquela pergunta: posso comprar Iphone nos Estados Unidos sem pagar imposto por isso? O único imposto a ser pago nesse caso seria o Sale Tax, que é o imposto pela compra lá. Isso se estiver em um estado-província que o cobre.

Se você quiser saber mais sobre essa cota ao viajar para o exterior, acesse o site da receita aqui. O site Melhores Destinos também fez um ótimo post sobre isso, bem explicadinho. Leia-o aqui.

Coisas que gostaríamos que fizessem

Gostou do post? Pois bem, ajude-nos.

O Importar Tudo funciona totalmente grátis para todos até o presente momento. Nós conseguimos isso por meio de anúncios do adsense (que gostaríamos de retirar para uma melhor apresentação a vocês). Mas se você gostou do post e quer que nós continuemos a produzir esse tipo de conteúdo, nos ajude fazendo o seguinte:

Acesse a página Quer nos ajudar?

Escolha uma das opções para doar-nos qualquer quantia e faça parte (mais do que nunca) do nosso Importar Tudo.

Também pedimos que se inscrevem na nossa newsletter para receber nossas novidades. É só preencher o formulário abaixo com seu e-mail e clicar em “quero receber”.

É isso aí. Forte abraço e até a próxima no Importar Tudo.

Risco